ínício INÍCIO Corpo encontrado em Fortaleza é da pequena Débora Lohany, 4 anos

Corpo encontrado em Fortaleza é da pequena Débora Lohany, 4 anos

162
0
Compartilhar
Compartilhe isso com seus amigos. Aproveite, fique atento as nossas promoções e ganhe brindes.

Terminou de forma trágica o mistério em torno do desaparecimento ou rapto da menina Débora Lohany de Oliveira, 4 anos de idade, que havia desaparecido de sua residência, no bairro Aerolândia, na noite do último dia 27. Na manhã desta sexta-feira (7), o corpo dela foi encontrado debaixo de uma pedra, sobre um monte de lixo, na Avenida Almirante Henrique Sabóia, a Via Expressa, próximo À Avenida Pontes Vieira, ao lado do Parque Ecológico do Cocó.

Segundo a Polícia, por volta de 7h30 a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) recebeu via 190 uma ligação anônima, informando que havia um forte mau-cheiro no local e provavelmente uma pessoa estaria morta debaixo de pedaços de madeira e de uma pedra. Logo, foram acionadas viaturas do Ronda do Quarteirão e do 8º BPM.

O Portal Cnews teve acesso exclusivo ao depoimento de Walderir Batista dos Santos, suspeito de matar a menina Débora Lohany, de apenas 4 anos. Durante o interrogatório dado aos policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ele afirmou ter assassinado a criança com uma pedrada na cabeça e disse não ter violentado sexualmente a menina.

“Ele esclarece que cometeu o crime no mesmo dia em que raptou a vítima de frente a sua casa e depois de matá-la enrolou o corpo com papelão e outras coisas para dificultar o achado do corpo da vítima”, revelou uma fonte ao Cnews. Walderir foi encontrado pelos agentes de segurança em Parnaíba, no Estado do Piauí, e trazido para Fortaleza sob escolta. Ele revelou que fugiu dias após o crime para se esconder na casa de seus pais, que residem na cidade.

A matéria completa você encontra no Portal CNews, é só clica neste link:
http://cnews.com.br/cnews/noticias/111621/menina_debora_foi_morta_brutalmente_por_vinganca

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui